WORKSHOP VINICIUS ARNEIRO
De 17 de janeiro a 08 de fevereiro


"O ator no processo colaborativo";

O workshop tem como objetivo o intercâmbio entre as vertentes lingüísticas que o diretor tem desenvolvido em seus trabalhos e a criação colaborativa como meio primordial da concepção: o ator como matéria-prima.

A investigação terá como alicerce as poéticas da dramaturgia contemporânea latino-americana.

Formado em 2006 pela Escola de Teatro Martins Penna no Rio de Janeiro. Em outubro de 2007 estreou sua primeira direção, o espetáculo Cachorro! - texto de Jô Bilac, primeiro trabalho realizado pelo Teatro Independente, Cia. da qual é fundador e diretor artístico. Cachorro! recebeu indicação ao Prêmio Shell 2007 de Melhor Direção. Ainda em turnê, o espetáculo percorreu mais de 90 cidades do país, ultrapassando 300 apresentações. Realizou duas temporadas de sucesso em São Paulo. Passou por festivais como FIT - São José do Rio Preto (SP), FITA - Angra dos Reis (RJ), Festival Nacional de Recife, Mostra Cariri - CE 2008 e 2010, entre outros.

Rebú, escrito por Jô Bilac, é a segunda produção do Teatro Independente. O espetáculo estreou em outubro de 2009 na sede da Cia. dos Atores RJ, esteve na Mostra Oficial do Festival de Curitiba 2010, fez duas temporadas simultâneas e bem recebidas pelo público e pela crítica no eixo Rio-São Paulo em Junho e Julho de 2010 – SESC Consolação SP e Teatro Gláucio Gil RJ - o espetáculo foi indicado ao prêmio APCA 2010 de Melhor Autor. Cachorro! e Rebú foram convidados a integrarem a programação do Palco Giratório 2011, tido como o maior projeto de circulação e difusão das artes cênicas da América Latina. Os espetáculos passaram por 20 estados do país.

Paralelo ao trabalho de pesquisa desenvolvido na Cia. Teatro Independente, Vinicius Arneiro assinou a direção dos espetáculos “Limpe todo o sangue antes que manche o carpete” (2008), “Os vermes” – projeto de comemoração dos 20 anos da Cia. dos Atores realizado no Arena do Espaço SESC (2008); “ALVODOAMOR” – onde dividiu a direção com João Fonseca. Espetáculo de formatura da CAL inspirado nas películas do cineasta espanhol Pedro Almodóvar; “Chuva de Arroz” – monólogo cômico de Felipe Barenco com a atriz Carine Klimeck contemplado pelo edital do Centro Cultural dos Correios (2011). Além de mais de 30 oficinas ministradas por todo o país.

FRASES SOBRE O DIRETOR

“Com raro domínio cênico, o diretor Vinicius Arneiro reduz ao máximo o absurdo da situação e fecha o foco nas tensões da convivência do quarteto”
Veja SP (Sobre Rebú)

“O segredo do sucesso de “Rebú” é a precisão do tom que o diretor encontrou para dar vida ao texto. É raro vermos uma coerência tão exata de linguagem cênica em nossos palcos”
Bárbara Heliodora – O Globo.

“Vinicius Arneiro dirige com a firmeza e a tranqüilidade de um veterano. Ele tem um gosto estético apurado e uma habilidade rara para tirar o melhor dos atores”
João Fonseca – Em entrevista ao O Globo.

Horário de funcionamento da secretaria:
Segunda à sexta das 10h às 20h

AV. Armando Lombardi, 949/ Loja C - Barra da Tijuca

Tel: 21. 2484-0555

contato@espacomove.com.br