RUBENS CAMELO

Sua carreira profissional tem origem no teatro. Em 1981, iniciou formação no Tablado sob a direção de Maria Clara Machado, especializando-se em atuação e direção teatral. Foi diretor do programa Casseta & Planeta, na Rede Globo de 1998 a 2007.

É diretor de Clichê de Marcelo Pedreira em cartaz em São Paulo e Navalha na carne de Plinio Marcos em ago de 2010 num hotel de alta rotatividade na pça Tiradentes no Rio de Janeiro e em maio e junho de 2011 no Sesc Pompeia em Såo Paulo. Entre 1982 e 1997, trabalhou com importantes diretores, entre os quais Aderbal Freire Filho, Domingos Oliveira, Moacir Góes, Bernardo Jablonski, Carlos Wilson, Cacá Mourthe, Sura Berditchevski, Dudu Sandroni e Maria Clara Machado.

Merecem destaque os seguintes trabalhos: O Cavalinho Azul, sob a direção de Cacá Mourthé (2009 e 2010), A Geração Trianon, direção de Luiz Antônio Pilar e Cristina Bethencourt (2009), Divinas Palavras de Valle Inclán, dirigido por Moacir Góes (1998), Amores, texto e direção de Domingos Oliveira (1997), Turandot, de Bertold Brecht, sob a direção de Aderbal Freire Filho (1993), Tiradentes, de Carlos Eduardo Novaes (1991), Médico à Força, de Molière, sob a direção de Pierre Astriè (1991), 1789, a Revolução, de Arianne Mnouskine, direção de Carlos Wilson (1989). Em 1982, Rubens recebeu o prêmio Mambembe de Melhor Ator de teatro infantil por O Embarque de Noé, de Maria Clara Machado, com direção de Toninho Lopes.

Foi diretor assistente de Sura Berditchevsky na livre adaptação de Peter Pan (por Neusa Caribé e Sura Berditchevsky), que recebeu o prêmio Molière de Melhor Espetáculo (1990).

Horário de funcionamento da secretaria:
Segunda à sexta das 10h às 20h

AV. Armando Lombardi, 949/ Loja C - Barra da Tijuca

Tel: 21. 2484-0555

contato@espacomove.com.br